Então, o que é a Realidade?

Claro, você pode dizer ‘bem, isso é um assunto relativo – o que é real para você, não é necessariamente real para mim”, e assim por diante… E você estaria certo – relativamente falando. A aparência e o conteúdo da realidade varia muito. No entanto, não é isso, realmente, sobre o que estamos falando aqui…

Nós estamos falando sobre a REALIDADE em si – sobre o que é REAL, no sentido absoluto. Para algo ser absolutamente REAL, tem que ser verdadeiro para qualquer um e em qualquer momento – em todos os tempos, agora e para sempre; independentemente de circunstâncias, idéias, percepções ou experiências. É incondicional, é absoluto; REALIDADE como tal. Por definição, isso exclui todo do reino das aparências – os fenômenos que vão e vem – quais nas tradições espirituais têm sido classificados como “Maya” – ilusão (ou seja, algo que não é real no sentido absoluto).

Os sábios e professores das tradições esotéricas sempre foram muito claros em relação AONDE procurar esta realidade absoluta: ou seja, “dentro de nós mesmos” – o que significa algo no sentido de: Não no mundo ‘lá fora’, não em idéias ou conceitos aprendidos, etc., mas em nossa própria experiência direta. Então podemos reconhecer que a pergunta “O que é a realidade?”, e a pergunta “O que é minha natureza ou realidade verdadeira?”, na verdade, não são questões independentes – é a mesma coisa!

Uma outra peça no quebra-cabeça é: Seja o que for – a Realidade ou ‘a minha verdadeira Natureza’ já deve estar totalmente presente AQUI e AGORA: a Realidade já É, e eu já sou o que SOU. Então, a pergunta em si – a própria busca pela Realidade ou pelo ‘Eu verdadeiro’ – torna-se problemática… Talvez enxergamos, que o assunto inteiro realmente não é alguma coisa que deve ser trabalhado ou compreendido da maneira convencional: Isto tem, de fato, muito pouco a ver com abstração ou conceitos mentais.

Então, se nós juntamos tudo que já foi colocado: real para todos os tempos, em todos os lugares e para todos; incondicional, não-circunstancial, não-conceitual, não do reino das aparências, já presente para todos, totalmente disponível aqui e agora, e – de fato – absolutamente necessário para qualquer (outra) coisa poder existir… Não fica muito claro e óbvio do que se trata?

Será que isso poderia ser outra coisa senão o fato simples da a nossa própria PRESENÇA – esta Inteligência lúcida e espaçosa presente aqui, lendo estas palavras?

Não podemos ‘compreender’ essa Presença, porque não uma coisa, ou um objeto a ser conhecido. No entanto, ela é intimamente familiar para nós – afinal é a REALIDADE em si – e não podemos deixar de SER aquilo!

Teste isso por si mesmo: Você já reparou que o seu sentido mais profundo do próprio ser (da própria existência) nunca muda? É por isso que nos sentimos – no fundo – ainda do mesmo jeito que sentíamos quando eram crianças. Sempre era ‘EU’! Os atributos e idéias que carregamos sobre nós mesmos mudam constantemente, mas o sentimento basal de ‘ser’ e ‘existir’ sempre permanece igual, não é? Você consegue se lembrar de momento algum na sua vida ou experiência, quando este sentido basal de ‘estar presente’ não foi com você? É impossível, porque “algo” ainda teria sido necessário estar presente para perceber a sua própria ausência! Presença-Consciência simplesmente não se pode negar – é a base de tudo. TUDO está contido Naquilo, e tudo surge em, a partir de, e como esta Presença inteligente. Essa é a única REALIDADE que é, e a única realidade que EU SOU.

ISTO sempre esteve aqui, mas simplesmente ficou despercebido. Uma vez que fica reconhecido como A REALIDADE e como a MINHA Natureza Real, a nossa atitude em relação a fenômenos efêmeros – tudo o que meramente vai e vem – muda de forma profunda: estamos sendo ‘reais’ com o que é real, e com quem nos somos. Hábitos e identificações velhas podem surgir temporariamente, mas nunca mais podemos ignorar a realidade por muito tempo.

Non-duality_Dirk_Petzsch

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s